26/09/2010

Página de menina

Olá, pessoal! Fiz está pagina para participar para a brincadeira do Playground tinha que usar tecido e costura. Escolhi tecido jeans que é bem jovial e pesponto rosa e no mesmo tom bailarinas e fio encerado:

Escolhi uma foto da minha filha Giovana aqui em casa a chamamos de Bibi e como ela adora o Justin Bieber brinquei com o apelido dela e o nome do ídolo teen:Usei as flores que destacaram o arabesco do papel (amo flores e arabescos) Obrigada pela visita. Beijos e sucesso sempre.

Read more...

25/09/2010

LO Vintage

Oi pessoal! Este finde fiz algumas páginas para o meu álbum 2010 tá ficando muito lindo cheio de momentos e histórias especiais, aproveito também para exercitar técnicas e ideias diferentes com as propostas de tantos blogs bacanas deste mundo scrapístico este LO Vintage fiz inspirada em uma proposta do Blog Arteiro:
Usei papéis Teresa Collins e chipboard da mesma linha (era para usar flores e acabei não participando do desafio porque adorei as chaves fica para próxima criei um journaling inspirada nos elementos da página com o título BFF (= Best Friends Forever aprendi com minha filha teen OMG tem tantas outras siglas hahaha)
Fiz um LO duplo com as fotos do teatro que combinaram bem com a proposta vintage:
Adorei a combinação bege, marrom e preto... Acho que ficou bem bacana a foto do sagão com o lustre clássico:Coloquei também o ticket, a parabenização do Shopping por minha participação no Concurso Cultural ( lembrei-me da época que fazia agenda na adolescência, guardava tudo recortava letras de revistas, enfeitava cada página....já era scrapper e nem sabia rssss....)
As duas páginas juntas:
Ótimo domingo para quem passar por aqui. Beijos e sucesso sempre.

Read more...

22/09/2010

É primavera!!!

Olá!Enfim é primavera! É início de uma nova primavera também para minha mamys de niver hoje e para comemorar presentinhos, fiz bolo de maracujá com cobertura marshmallow (ai que orgulho tô mandando bem nos cakes) e um cartão vapt-vupt com papel de sakura e os votos de muitas felicidades...
Simples assim só um carinho...

Como é bom ver tudo florir este despertar de alegria da natureza, da vida, o calor, dá uma sensação boa, vejo a cerejeira do meu quintal sem frutos o ano todo só uma vez no ano ela fica carregada assim:

Que todos possam colher os mais belos frutos nesta primavera que as ideias floresçam e nos inspirem mais e mais! Beijos e sucesso sempre.

Read more...

20/09/2010

Miau!


Olá a todos! Este finde começou super bem... recebi o telefonema de um Shopping no qual preenchi um cupom respondendo a pergunta "O que você faria para assistir a um espetáculo da Broadway?" as melhores 30 respostas ganhariam um par de ingressos para assistir "Cats" no Teatro Abril e.... ganhei!

Chamei minha BFF (que eu a-m-o amiga verdadeira, forte, divertida, exemplo de vida, amiga para todas as horas, BFF meeeeesmo) para ir comigo assistimos foi tuuuuuudo de bom! Colocamos o papo em dia... só diversão!

Comprinhas depois do espetáculo...OMG!

Teatro é bom como prêmio é melhor ainda! Vou desfilar de Cats esta semana. Uma ótima semana a todos que passarem por aqui sucesso sempre.

Read more...

15/09/2010

Para relaxar!

Foi assim que este post chegou para mim ontem à noite... Como diz a Meren sabe aquelas coisas divinas? Pois é.... Há quem diga que blog, spaces e afins nos distanciam da realidade, e na verdade é muito pelo contrário! Nos aproximam mais e mais de pessoas especiais que o espaço geográfico não nos permite ter por perto. Explico: adoro festas e eventos e vivo me inspirando em trabalhos lindos que vejo na net e uma destas inspirações é o trabalho das Arquitetas da festa a Meren e a Lidiana são super caprichosas fazem um trabalho lindo e delicado cheio de detalhes bem personalizado adoro. Olha só a beleza de algumas realizações das arquitetas da festa:
Porta de Maternidade...

Lembrancinhas de chá de bebê (um charme)

Convite de chá de cozinha...

O saquinho para sorteio...
Olha esta mesa de casamento simples e sofisticada pode?
Uma mesa infantil cheia de detalhes...
Por tudo isso, estou sempre xeretando e vendo o que elas estão arquitetando deixo sempre um comentário sou fã do trabalho delas... E assim de visita em visita ficamos amigas e depois do desabafo de domingo recebi esta reportagem da Meren e resolvi postar por que vale a pena pensar, realizar e relaxar(oba! mais uma lista! hahaha):

40 presentes que o dinheiro não compra
Nunca é cedo demais para ensinar a seus filhos que os melhores presentes não podem ser comprados. Aproveite as festas para dar a eles algo precioso – que não custa nada, mas que ficará para o resto da vida

1. Tomar banho de chuva, tem coisa mais gostosa? Dançar na chuva, sentir na boca o gosto da água, até você e seus filhos ficarem ensopados. Você tem vergonha? Deixa disso, Gene Kelly fez tudo isso com o maior charme num filme antológico, Cantando na
Chuva. Aliás, ótimo para vocês verem juntos depois daquele banho quentinho...

2. Ensinar um jogo. Não vale videogame ou brinquedo comercial, mas, sim, queimada, taco, mico, pular corda, amarelinha. Aquelas coisas você adorava fazer quando era criança.

3. Cuidar da natureza é tudo! A sábia escritora Ruth Rocha diz: “Para que a Terra continue a nos dar tudo o que precisamos para viver é preciso cuidar dela melhor que da nossa própria casa. Da casa podemos nos mudar, da Terra não”. Criança tem de saber, desde cedo, que a natureza é sagrada. Tem coisa melhor do que regar jardim, cuidar de plantas e de bichinhos, fazer trilhas e andar na praia com seu filho?

4. Empinar pipa, lembra? Juntar as varetas, colar o papel, fazer a rabiola e sair por aí empinando. Deixe a timidez de lado e vire criança de novo: vá até o parque ou descampado mais próximo de sua casa e divida com seus filhos a alegria de ver a pipa subir, subir, subir... Ou cair, cair, cair. O que vale é a diversão. Se joga!

5. Plantar feijão no algodão. Tem coisa mais escola primária? E mais profunda?
Ver a vida se reproduzir ali, num vasinho que você monta com as crianças, joga a semente e, depois, fica vendo a plantinha crescer. Além de observar como é lindo o ciclo da vida, seu filho aprende, na prática, que, se tratamos bem a natureza, ela nos dá belos frutos.

6. Um banho de piscina ou de esguicho. No prédio, no clube, em casa de amigos, em piscinas municipais e até em hotéis bacanas na sua cidade onde dá para freqüentar a piscina pagando por dia. Se nada disso der certo, sempre há o bom e velho banho de esguicho no quintal.

7. Cuidar dos bichos. Dar comida, banho, passear, visitar o veterinário: ter um bichinho, além de divertido, também implica amor e responsabilidade.

8. Criar o “Dia do Errado”. Neste dia, vale tudo: faltar ao trabalho e à escola, pra você e seu filho ficarem livres de tudo! Vestir roupa do avesso, comer em horas
erradas, pois o bom de levar uma vida certinha é poder quebrar as regras uma vez ou outra, né?

9. “Hoje quem manda é você”.
Assuma: vez ou outra, as crianças devem sentir o gostinho de assumir o controle. Qual será o almoço, o passeio, a roupa, o lanche da tarde? Eles escolhem tudo! Dentro dos limites do bom senso, claro. Aí eles sacam que a vida é cheia de opções e que nem sempre é fácil tomar todas as decisões.

10. Contar histórias. Essa é das antigas e nunca sai de moda. Saiba que as histórias que você conta para eles vão fazer parte de seu imaginário por muito tempo. Através delas visitam o mundo sem sair de casa e vivem as alegrias e dificuldades que os heróis das histórias enfrentam. Quando forem heróis de sua própria história vão lembrar com carinho desses momentos.

11. Piquenique no quintal, na varanda do prédio, no sítio da família, na casa da avó... Não importa o lugar, o que vale é aquele clima gostoso, todo mundo comendo com as mãos, batatinha, cachorro-quente, refrigerante, suas guloseimas favoritas, risadas, brincadeiras. Uma farra, cujas memórias a gente guarda para o resto da vida.

12. Montar a árvore de Natal. Vocês escolhem juntos a árvore e fazem os enfeites. Pintam bolas, fazem laços, penduricalhos de pipoca, fitas, papel. Vale a sensação de ter a árvore mais linda do mundo (mesmo que ela não seja lá essas coisas).

13. Compor uma música. Se você leva jeito para algum instrumento, ótimo. Senão, vá inventando estrofes com seu filho: o legal é ter a cara dos dois. Se der para gravar, melhor ainda. E faça cópias: não vá perder uma preciosidade dessas.

14. Ensinar uma receita de família. Libere geral a cozinha, façam uma lambança, lambam os dedos e, depois, limpem tudo. Enquanto estiverem com a mão na massa, conte como era a vida quando você aprendeu aquela receita... e bom apetite!

15. Um passo só seu. Som na caixa, uma roupa gostosa e dancem à vontade, como se ninguém estivesse vendo. Inventem um, dois, mil passos, criem uma coreografia
maluca – e que, na hora da festa, só vocês sabem dançar... É fera!

16. O barquinho vai... Num dia de chuva, ensine seu filho a fazer barquinhos de papel, formar uma flotilha e "navegar” para aqueles lugares que vocês adorariam conhecer. E aproveitem para cantarolar: “O barquinho vai...”

17. Inventar uma festa original para o Ano Novo, por exemplo. Pode ser um luau, com a dança do hulahula na praia, saias de ráfia, colar de flores, tudo inventado por vocês. “Da última vez que fizemos o hula-hula em Ubatuba”, conta Patrícia Broggi, “o sol, de presente, se pôs e ganhamos uma enorme lua no céu”. Não é lindo?

18. Clube das Mulheres. Bole um dia só de mães, filhas e amigas: ir ao shopping, ao salão de beleza, almoçar num lugar bacana, pegar um cinema, dar risada, abraços e
beijinhos. O tempo não pára. Aproveitem!

19. Lugares novos, de outro jeito. Vá a pé, de metrô ou ônibus visitar um museu ou um parque com seu filho. Caminhadas e transporte coletivo soam como novidade quando não fazem parte da rotina das crianças. De quebra, elas ainda aprendem a se situar e a entender melhor a cidade.

20. Brinquedo de sucata. Moderno e ecológico: criar algo único a partir de objetos descartados. Seu filho aprende que nada se perde e tudo se transforma. Solte a imaginação: móbiles de CDs, instrumentos musicais com garrafas PET, casinhas de caixas, tampinhas de garrafa...Invente!
21. Criar uma peça de teatro. É uma curtição! Os pais ajudam os filhos a montar um verdadeiro espetáculo, com palco, cortina e tudo: inventam texto, figurino, cenário; fazem convites e, na data marcada, encenam uma apresentação inesquecível para o resto da família. Com direito a fotos, é claro!

22. Ter um diário ou escrever memórias num caderno. É um hábito riquíssimo. Nossa diretora editorial, a Monica, faz isso desde garota. A vida está cheia de coisas fascinantes (às vezes boas, outras nem tanto) e são essas experiências de vida que nos fazem ser quem somos. Mais pra frente, quando seu pequeno for um adulto, vocês podem reler juntos as aventuras e os momentos felizes de suas vidas. Recordar é viver, né?

23. Ter um amigo. Dizem que amigos são a família que a gente escolhe. É verdade. Cultivar uma amizade, respeitar as diferenças e aproveitar muuuito um amigo é uma
das bênçãos da vida. E, se for de verdade, fica do nosso lado pra seeeeempre.

24. No escurinho do cinema. Pode ser um filme bacana que está no circuito, para o qual vocês compram ingressos, curtem na telona com a sala escura e, depois, vão comer o hambúrguer favorito numa lanchonete. Ou então em casa, mesmo, no sofá, com pipoca e guaraná. Se possível, tire do baú vídeos antigos, de quando você e eles eram pequenos... doces memórias!

25. Saúde sempre em dia. Quando um filho se machuca, a gente se machuca também. Com saúde não se brinca e, por eles, a gente faz tudo. Cuidar deles com carinho, levar ao médico, ficar de olho, não tem preço. É um presentão indispensável que damos aos pequenos.

26. Entusiasmo. A palavra vem do grego e quer dizer ter Deus dentro de si. A pessoa entusiasmada faz as coisas acontecerem. Cultivando o entusiasmo você ensina seu
filho a ter entusiasmo pela vida, pelas pessoas, por seus sonhos. É lindo.

27. Ter fé. Acreditar é uma bênção. Ter a certeza de que existe algo maior que nós, independentemente da religião. Essa crença nos ajuda a entender melhor a vida, lidar com nossos problemas, desenvolver a esperança, instrumentos valiosos para o futuro deles.

28. Respeitar o próximo. É vital para ser respeitado. É uma dádiva aprender, desde cedo, a respeitar o outro numa sociedade tão individualista. Somos melhores se acreditamos que todos são iguais e devem ser tratados com a mesma delicadeza. Para Rousseau, sempre foi mais valioso ter o respeito do que a admiração das pessoas. A
gente concorda com ele, totalmente.

29. Correr atrás dos sonhos. Os sonhos são a forma onde criamos a realidade. Não há nada melhor do que correr atrás de um sonho e ver que seu esforço resultou num final feliz. Sonhe com seus filhos: quando acreditamos e trabalhamos nesse sentido, nossos sonhos se realizam.

30. A importância do carinho. Dizer aos filhos o quanto eles são importantes pra gente é algo que deve ser feito SEMPRE – e desde cedo. Eles podem não entender, mas sentem. Afeto é um investimento para toda a vida. Tratados com afeto, os filhos serão afetuosos e construirão um mundo melhor.

31. Caridade. Junte roupas e brinquedos que seus filhos não usam mais e doe a uma creche, um orfanato. Se puder levar até lá junto com seus filhos, ainda melhor: um
aprendizado para toda a vida.

32. Colinho de mãe. Se há uma coisa que a gente nunca deixa de querer é colo de mãe. Não importa a idade, tem hora que todo mundo fica carente e quer um colinho de mãe mesmo. Ofereça o seu, sempre, mesmo quando seus filhotes pareçam só estar fazendo birra... pois colo de mãe nunca é demais.

33. Valorizar tudo o que vier deles. Sabe aqueles rabiscos ininteligíveis que a criança adora fazer e dar de presente? Pois saiba recebê-los como se fossem os presentes mais preciosos do mundo. Seus filhos se sentem amados pelo que são, ganham autoestima e produzem mais e melhor.

34. De graça. Ensinar que há coisas que o dinheiro não compra meeeesmo: alegria, amor, respeito, amizade, ternura = tudo de bom, valores que nossos filhos recebem de graça e devem aprender a valorizar, sempre.

35. Pedir perdão. Não significa perder a autoridade, não. Todo mundo erra. Por mais que a gente tente ser justo, há horas em que pisamos na bola. Uma bronca exagerada, um castigo desnecessário, um grito fora de hora... Depois, a gente fica mal, com aquele
peso na consciência. Peça perdão: ao pedir desculpas você ensina seu filho a reconhecer o erro e reparar o que foi feito.

36. Saber ouvir. Falar é prata, ouvir é ouro, diziam nossas avós. Ouça o que seu filho tem a dizer, sem repreender, interromper ou dar conselhos. Um pai se julgava exemplar até seu filho de 7 anos, em terapia, dizer a ele tudo o que pensava. O pai nunca imaginou que era daquele jeito que o filho o via. Ouvir é preciso!

37. Ler um livro juntos. Cada um lê um pouco, em dias alternados, e vocês, juntos, criam um mundo particular, cheio de significados.

38. Dar liberdade. Seu filho deve bater as asas sempre que tiver oportunidade. Dormir na casa de um amigo, passar um tempo com os avós, para sentir e controlar a saudade de casa. Os muito pequenos, às vezes, ligam pedindo socorro. Dependendo do caso, corra para buscá-los. Por enquanto, é só um teste...

39. Dar risada. Nada mais saudável! Dê risada em todas as horas possíveis. E mostre ao seu filho que é muito bom aprender a rir da gente mesmo! É algo que vai ajudá-lo para o resto da vida.

40. Amar, amar, amar, amar demaaaaais. Encher os filhos de amor e passar adiante esse sentimento através de seu exemplo. Tá combinado?
Beijos e sucesso sempre.

Read more...

14/09/2010

Flores para inspiração

Entre papéis, tesoura e panelas (fazendo o jantar) fiz a página de hoje. Como o finde é o momento que dá para estar com toda a família e passear fazermos coisas juntos, resolvi deixar o scrap para a semana quando estou sozinha à tarde com excessão desta semana que estou com os pequenos em casa um se recuperando de uma pequena cirurgia e o outro gripadinho os 2 de molho precisando de colinho mas com furadores e papéis na mão deles nos divertimos juntos. O resultado...

O exercício proposto pela Adliz era inspirar-se em escritos... ai, ai pensei em tanta coisa Renato Russo que eu a-m-o, Clarice Lispector, Mário Quintana, Drummond, Pablo Neruda... E acabei lembrando de algumas aulas de Literatura da faculdade as minhas favoritas eram Emily Dickinson e Florbela Espanca ambas muito vicerais em seus poemas. Escolhi um pensamento de Florbela:
" Há uma primavera em cada vida: é preciso cantá-la assim florida, pois se Deus nos deu voz, foi para cantar! E se um dia hei de ser pó cinza e nada que seja a noite minha alvorada, que me saiba perder...para me encontrar."
Florbela Espanca (1894-1930) foi uma poetiza portuguesa que traduzia seus sofrimentos íntimos nas mais belas poesias. E eis-la:
Neste LO coloquei um journaling inspirador e recorte que eu adoro principalmente flores:Escolhi estas bem grandiosas como a primavera que está por vir. Beijos e sucesso sempre.

Read more...

12/09/2010

Top five


Quando comecei este blog pensei em postar apenas minhas páginas de scrap ou outros trabalhos afins, mas acabei colocando um pouco de mim. E esta semana passei por uma crise de esgotamento físico e mental que me derrubou... fiquei mal mesmo meus sentidos não respondiam a respiração faltou ,enfim, surtei. Graças a Deus estou com tudo em cima este finde descansei muito assisti um filme bem romântico( para quem gosta “Diário de uma paixão" vale a pena), curti a família e tive que parar e reavaliar o que realmente era importante para mim e tirar da minha vida tudo o que não me faz bem e como adoro listinhas (hehehe) farei um “Top Five” by Jaque Jeacomo:

  1. Fazer mais que o possível: às vezes da vontade de ser Mulher Maravilha e sou extremamente perfeccionista não consigo fazer nada mais ou menos mesmo que leve horas para executar alguma coisa ou tenha que refazer tem que ser per-fei-to! Mas como simples mortal descobri que é impossível , por isso, é preciso avaliar o que posso fazer, o que posso delegar e o que posso pedir ajuda e respirar fundo antes de qualquer ação sem desespero decidir o que fazer.
  2. Dizer NÃO um aprendizado constante e necessário sempre.
  3. Organização: meu sonho de consumo! Um exercício árduo e diário.
  4. Aceitar as pessoas como são: adoro fazer amigos os próximos, os virtuais que passam por aqui, vibro com cada comentário e os retribuo, adoro elogiar porque adoro elogio e acredito que devemos tratar as pessoas como gostamos de ser tratados, gosto de olhar nos olhos da conversa cara a cara, mas sei também que ninguém dá o que não tem e devemos aprender a viver com as limitações humanas.
  5. Não acumular nada: sentimentos, ressentimentos, quilinhos a mais, meias verdades, verdades inteiras, papéis, quinquilharias, enfim, limpeza geral, limpeza da alma.

PS: Escrevei em 1ª pessoa porque não tenho a intenção de dar conselho para ninguém mas quem leu até aqui pode ter se identificado com algum item deste Top Five (ou com nenhum) mas minha semana começa assim com esta reflexão de coisas que são fundamentais pôr em prática em minha vida para ter mais qualidade e ser uma pessoa melhor para mim e para as pessoas que amo que é o realmente importa. Beijos e uma ótima semana para quem passar por aqui. Sucesso sempre.

Read more...

10/09/2010

Capa de Portfólio: Leitura e Arte

Oi, queridas tô de volta!

Estava terminando um projeto na escola sobre leitura e arte intitulei o trabalho de "Leitor Arteiro - lápis, pincel e ação" eu adoro trabalhar projetos a educação com afetividade funciona bem, então, uni a leitura com a pintura e o teatro fizemos uma sala de exposição que ficou uma graça. Foi um trabalho longo que me deixou es-go-ta-da quem é professor sabe como temos que nos virar em 1000 para um projeto sair do papel: de coração trabalhar projeto não é um mundo cor-de-rosa é muito gratificante ver as crianças aprendendo, o envolvimento deles em cada etapa, a identificação com o projeto mas para seguir em frente tem que acreditar, ter coragem e muita fé.
O que este trabalho tem haver com scrap? Tudo. Todo projeto tem um portfólio que deve ser bem organizado, caprichado, apresentar com clareza o trabalho realizado este não foi diferente: caprichei na fundamentação teórica e nos layouts que mostram o trabalho das crianças, a capa e a caixa do álbum ficaram assim:

Tampa da caixa em MDF com vidro ela é para trabalho com arte francesa mas fica ótima para trabalhar os relevos em scrap fiz shaker box que sempre causa hahaha....(quem não gosta de ver o movimento das bolinhas?)


Encapei com papel listrado October afternoon dica: encapar com listras na vertical é ótimo porque as emendas ficam imperceptíveis.


Tampa passa fita...


Caixa por dentro pintei com PVA azul country e respinguei branco provençal ou off white (como dizem no mundo fashion)
A capa usei uma linha da October afternoon que é bem escolar achei este papel com cara de cartilha antiga adorei , gostei também do papel que parece folha de caderno só não lembro nome... adesivos jolle's sempre lin-dos e mais shaker box. Detalhes...


Usei alfabetos variados no título para ficar bem colorido. Ah! As fotos não são montagens: já tentei várias vezes escrever em fotos não havia conseguido e descobri este site on line mesmo gratuito e não precisa baixar nada é bem fácil de usar www.monta foto é só digitar o texto e salvar no computador. Ainda tem mais para contar sobre este portfólio. Aguardem as novidades. Beijos e até.

Read more...